Pacto pela Educação empossa novos membros

Leia Offline

A cerimônia de empossamento também contou com a entrega de certificado para as escolas que receberam selo da UNESCO

*Por Rebeca Tavares

Um auditório lotado e uma grande surpresa. Foi assim que se iniciou a Solenidade de Posse dos novos membros do Pacto Pela Educação, na manhã desta segunda, 05, na Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes. A cerimônia começou por volta das 10h da manhã e, na surpresa, contou com a novidade de apresentar os selos reconhecidos pela UNESCO para quatro escolas públicas de Jaboatão dos Guararapes.

O Secretário Executivo de Educação, Franscisco Amorim, explanou o que seria o Pacto pela Educação e apresentou as novas metas para o biênio de 2015/2017. “O comitê tem a proposta de elevar a consciência política da população com a construção participativa no município”, explicou o secretário. O Pacto conta com 30 entidades representadas por várias categorias, que receberam a posse, através dos novos membros nesta segunda.

Aproveitando o embalo da Cerimônia, o Prefeito do município de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, trouxe as boas novas. Das 25 escolas que receberam o selo de reconhecimento da Unesco, quatro são públicas do município. São elas: Escola Municipal São Sebastião, Escola Municipal Oscar Moura, Escola Municipal Josefa Batista e a Escola Municipal Bartolomeu de Gusmão. Esse reconhecimento coloca Jaboatão como a única cidade educadora do Estado.

“Esse prêmio nos coloca como Cidade Educadora, pois reconhece o nosso trabalho, que mesmo na crise estamos investindo cada vez mais na educação e colhendo os frutos. O selo nos coloca em uma situação de vanguarda e nos estimula a trabalhar mais. Vamos continuar construindo escolas e lutar para aumentar sempre o desempenho dos alunos”, comemorou o prefeito.

PACTO PELA EDUCAÇÃO

O “Pacto pela Educação – Todos Educando a Cidade” foi lançado em dezembro de 2012, e foi instituído em junho de 2013, data que o comitê entrou em vigor. O comitê é dividido nos seguintes grupos temáticos: Valorização do Magistério; Infraestrutura Física e Tecnológica das Escolas Municipais; Universalização do Ensino, Acesso e Permanência dos Estudantes na Escola com Sucesso; e Gestão Democrática do Ensino.