[dkpdf-button]

Ata de Registro de Preços nº 002/2019 – SEMASC

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA
EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇO

ATA DE REGISTRO DE PREÇO Nº 002/2019 – SEMASC. PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 183/2018. OBJETO: Contratação de empresa especializada para fornecimento de gêneros alimentícios, a serem utilizados para atender às necessidades da casa de acolhida estação feliz, tudo conforme especificações e quantidades discriminadas no Termo de Referência/Planilhas e proposta da FORNECEDORA. REGISTRADA: COMPRA CERTA COMERCIO DE MATERIAIS DE CONSUMO EIRELI – CNPJ: 27.974.141/0001-61. VALOR: R$ 4.356,96 (quatro mil e trezentos e cinquenta e seis reais e noventa e seis centavos). VIGÊNCIA: 17/01/2019 a 17/01/2020.

Jaboatão dos Guararapes, 17/01/2019.

Cláudia Baltar Freire de Almeida.
Secretária Municipal (Em Exercício)

LOTE 1 – EMBUTIDOS
ITEM DESCRIÇÃO/ESPECIFICAÇÃO UNID QUANT VALOR
UNIT R$
VALOR
TOTAL R$
1 LINGÜIÇA – Lingüiça calabresa preparada com carne não
mista, toucinho e condimentos; com aspecto normal, firme,
sem umidade, não pegajosa; isenta de sujidades, parasitas e
larvas, mantida em temperatura e refrigeração adequada,
acondicionada em saco de polietileno c/ validade mínima de 2
meses a contar da data de entrega e suas condições deverão
estar de acordo com a NTA 05 ( decreto 12.486 de 20/10/78,
Instrução normativa nr 4 de 31/03/00, DAS e suas posteriores
alterações , produto sujeito a verificação no ato da entrega aos
procedimentos administrativos determinados pela Séc.. da
Agricultura. Validade mínima de 06 (seis) meses, a contar da data de entrega, a contar da data de entrega. Entrega
semanal.
KG 120 13,40 1.608,00
2 PRESUNTO DE PERU – Produto cárneo industrializado obtido
exclusivamente com carne de peru, desossado, adicionado de
ingredientes e submetido a um processo de cozimento
adequado. Os ingredientes obrigatórios são: carne de peru,
sal, nitrito e/ou nitrato de sódio e/ou potássio em forma de
salmoura. Poderá conter ingredientes adicionais: proteínas de
origem animal e/ou vegetal, açúcares, maltodextrina,
condimentos, aromas e especiarias e aditivos intencionais.
Permite-se a adição de proteínas não cárneas na forma
agregada de 2,0% (máx.) para presunto cozido. Toda carne
usada para elaboração de presunto cozido deverá ter sido
submetida aos processos de inspeção previstos no RIISPOA –
Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos
de Origem Animal – Decreto nº 30.691 de 29/03/52. As
matérias-primas (carnes cruas e gorduras) e o produto
elaborado (presunto) devem ser manipulados, armazenados e
transportados em locais próprios, de forma que não fiquem
expostos a contaminação ou sofram adição de qualquer
substância nociva para o consumo humano, conforme consta
no Regulamento Técnico de identidade e qualidade do
presunto cozido. Validade de, no mínimo, 06 meses a 01 ano,
registro no órgão de agricultura competente. Produto deverá
ser entregue fatiado e embalado em pacotes de no máximo
2kg. Entrega semanal.
KG 72 17,18 1.236,96
3 SALSICHINHA DE CARNE DE FRANGO – Composta de
carne de frango, com condimentos (carne, água, proteína de
soja, amido, sal, condimentos naturais e especiarias,
conservantes e estabilizantes) triturados, misturados e
cozidos, com aspecto característico e boa qualidade. O
produto deve ser fabricado com matéria prima isenta de
matérias terrosas, parasitos e detritos animais e vegetais. Não
contém glúten. Deve ser acondicionado em recipiente
hermeticamente fechado e esterilizado e inspecionado pelo
SIF, SIE ou SIM. Validade mínima de 06 (seis) meses, a
contar da data de entrega, a contar da data de entrega.
Entrega semanal.
KG 200 7,56 1.512,00
VALOR TOTAL DA ATA R$ 4.356,96 ( quatro mil, trezentos e cinquenta e seis reais e noventa e seis centavos)

OS PREÇOS REGISTRADOS ESTARÃO DISPONÍVEIS, DURANTE A VIGÊNCIA DA ATA NO SEGUINTE ENDEREÇO ELETRÔNICO: WWW.DIARIOOFICIAL.JABOATAO.PE.GOV.BR , PARA FINS DE CUMPRIMENTO DO DISPOSTO NO ART. 15, § 2º, DA LEI FEDERAL 8.666/93 E ART. 12, II, DO DECRETO MUNICIPAL N.º 182/2014.

Publicado no Diário Oficial n.º 012, de 18 de Janeiro de 2019.