poder executivo

Centro Maristela Just comemora cinco anos de atendimento

Desde a fundação, o Centro de Referência prestou atendimento a mais 1400 vítimas

Charles Andrade

“É um privilégio viver esse dia, porque foi aqui que aprendi a dizer sim. Dizer sim para a minha vida”. Foi com essas palavras que a dona de casa, Zélia Souza, 48 anos, descreveu o encontro que comemorou o quinto aniversário do Centro de Referência da Mulher Maristela Just, nesta quarta-feira (30).  O Centro,  criado para amparar vítimas de violência doméstica, oferece à população atendimentos  psicológico, social e jurídico, sob sigilo. Com o tema: “Muitas histórias e grandes encontros”, mulheres jaboatanenses se reuniram para falar sobre suas experiências e como conseguiram superar a violência vivida dentro de casa.

Para a Secretária Executiva da Mulher do Jaboatão dos Guararapes, Ana Selma dos Santos, o Centro de Referência é um marco na política pública para a mulher no município.  “Hoje nós estamos celebrando cinco anos desta construção histórica. A partir de 2009, começamos a desenvolver todo um trabalho voltado para a mulher, de modo particular nas atividades relacionadas à prevenção e ao atendimento às mulheres vítimas da violência. Sabemos que uma arma importante no enfrentamento à violência contra a mulher é a informação. Então, quanto mais divulgarmos, mais teremos de chegar às mulheres que vivem esse contexto de violência no próprio lar”, explicou.

O encontro também serviu como momento de confraternização entre as mulheres que estão em atendimento. “Cheguei aqui só Deus sabe como. Mas encontrei esse espaço acolhedor que abraça a nossa causa e que nos fortalece, acima de tudo, com a ajuda psicológica. Hoje, nós estamos juntas celebrando as mudanças de nossas vidas”, comentou uma das assistidas pelo Maristela Just.

CENTRO DE REFERÊNCIA – O nome da unidade faz referência a Maristela Just, que foi assassinada pelo companheiro, em 1989. Além da sede, os atendimentos acontecem de forma descentralizada, uma vez por semana, nas regionais Cavaleiro e Curado. Os programas Maria da Penha vai à escola e  Maristela Just vai aos bairro, auxiliam na divulgação permanente e preventiva. O Centro de Referência da Mulher Maristela Just fica na Praça Pedro do Rio, em Massangana. Informações pelo telefone 3468.2485.